About




 

Cavani pode pintar no Futebol Brasileiro!

 


O atacante de 35 anos está de saída do Manchester United e tem América do Sul como possível destino

O futuro de Edinson Cavani promete ser um dos assuntos mais quentes da próxima janela de transferências neste meio de ano. O atacante, que já foi alvo de muitas especulações no final de 2021, está de saída do Manchester United e pode pintar até mesmo no futebol brasileiro.

Para a temporada 2022/23 o Manchester United estará com um treinador novo, e mudanças devem acontecer no time. Erik Ten Hag, para começar, deve dispensar alguns jogadores, principalmente os que já estão mais velhos, como é o caso de Edinson Cavani, que completou 35 anos em fevereiro. No clube desde 2020, o atacante, então, está em busca de uma nova casa.

Assim como aconteceu na janela do inverno europeu, entre o final de 2021 e o começo de 2022, Cavani está sendo especulado como reforço do Corinthians. No entanto, segundo informações do jornalista André Hernan, é pouco provável que o atacante seja contratado pelo Timão, que está satisfeito com os atletas que tem na posição, além de considerar o salários do uruguaio muito alto para o clube, apesar da vontade da torcida em contar com o jogador.
Escolha dos editores

O Brasil, porém, é um destino possível para Cavani, segundo fontes de Hernan ligados ao atleta. A prioridade ainda é que o jogador siga atuando na Europa, mas a América do Sul, principalmente o Brasil, seguem como boas opções para o futuro do camisa 21, que até falou sobre o assunto em entrevista à ESPN.

"Meu irmão comentou um pouco sobre diferentes oportunidades e situações apresentadas atualmente. E, entre elas, está a possibilidade de jogar no Brasil. Não mencionaria especificamente um time. Mas recebemos contatos do Brasil para na próxima temporada estar aí", confirmou Cavani. "São oportunidades, portas que se abrem, e, como sempre digo, sou muito grato aos brasileiros, porque sempre que jogo no Brasil, quando estive com minha seleção, sempre foram muito carinhosos. É algo que reconheço, porque se tem uma coisa que sou na vida, é grato. Sobre o futuro, ainda não sei, vamos ver o que acontece".

"Não diria (que já estive) próximo (do Brasil) porque são situações que aparecem, que falam com meu irmão. Mas por respeito ao clube que estou, o que eu sei é que aqui teriam a preferência por terem me dado a oportunidade. Vai finalizar a temporada e depois veremos", continuou. "Houve interesse do Brasil, não só agora, mas também antes. Mas vamos ver o que acontece porque nem eu tenho claro, apenas quero encontrar um lugar onde possa jogar e voltar ao ritmo".

As falas vieram em resposta a uma pergunta do jornalista André Plihal sobre a possibilidade de Cavani jogar no Botafogo. Desde que o clube se tornou uma SAF e é gerido pelo empresário John Textor, a ida de Cavani ao clube já foi assunto mais de uma vez.

Agora, porém, depois que Textor afirmou não ter tido uma resposta de Cavani quando fez uma investida, o foco do clube é no israelense Eran Zahavi, do PSV, de forma que a chegada do uruguaio ao Alvinegro também se tornou pouco provável.

Palmeiras e Atlético-MG também foram colocados como interessados na contratação do jogador, mas nada foi confirmado ou aprofundado por nenhum dos dois.

Mas enquanto as especulações de vinda ao Brasil esfriam, no começo de maio a informação era de que Cavani estava próximo de fechar com o Boca Juniors, da Argentina. O time tem interesse em reforçar o seu ataque e o jogador, conforme disse à ESPN, se balança com a possibilidade de atuar em um time do tamanho dos Xeneizes.

"Como eu comentei anteriormente, houve um contato com Román (Riquelme). Inclusive me escreveu, nos comunicamos. São coisas que no ambiente do futebol, entre colegas, acontece. E, como mencionei, é um grande clube da América do Sul. Como, como um jogador de futebol, eu poderia dizer que não gostaria de jogar em um time como o Boca um dia?", disse.

No entanto, apesar de todas as especulações, o futuro de Cavani não foi definido ainda, e, segundo o atleta, isso só deve acontecer ao final da temporada, uma vez que ele segue focado no Manchester United, com quem tem contrato até junho.

"Estou em uma situação em que, sinceramente, não sei o que acontecerá no ano que vem. Quero terminar minha temporada aqui, quero terminar jogando, dando o meu máximo neste clube que me deu a oportunidade, e darei prioridade no momento de conversarmos. Quero jogar futebol, quero me divertir, quero competir. E vamos ver o que acontece", explicou Cavani.

FONTE: GOALL

Nenhum comentário

Imagens de tema por adamkaz. Tecnologia do Blogger.