About




 

VADÃO DEMITIDO, A BICAMPEÃ PIA SUNDHAGE ASSUMIRÁ?


Ontem o técnico Vadão foi demitido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) do cargo de técnico da seleção brasileira feminina. A sua saída do cargo já era esperada desde a eliminação da equipe nas oitavas de final da Copa do Mundo Feminina. O nome do substituto ainda não foi definido oficialmente, porém, segundo reportagem da espnW.com.br sobre o ocorrido, provavelmente a sueca Pia Sundhage assumirá o cargo. A informação foi passada por Vaguinho, assistente de Vadão, que confirmou a saída do treinador e também a possibilidade de contratação da técnica bicampeã olímpica pela Seleção Feminina Norte-Americana (2008-2012). Pie Sundhage comandou a Seleção Sueca de Futebol Feminino durante seis anos (2012-2017) e atualmente trabalha na base do futebol sueco feminino.

"Estamos no Rio [de Janeiro], amanhã vamos voltar para falar com a presidência da CBF, mas já saímos. Cotada é a Pia, sueca", expressou Vaguinho.

O retorno de Vadão ao comando da seleção feminina já vinha sendo criticado por parte da impressa especializada. Isso porque a saída precoce de Emily, hoje técnica do Santos, com apenas 10 meses de trabalho, não foi visto com bons olhos pelo público feminino. A crítica aos diretores da CBF que cuidam do Futebol Feminino é forte. Ju Cabral comentarista da ESPN afirma que TODOS os atuais dirigentes devem ser afastados, inclusive o atual dirigente Marco Aurélio Cunha. Ao comentar a demissão de Vadão no programa Futebol na Veia da ESPN Ju Cabral disparou: "Demitido tardiamente, antes tarde do que nunca!"

Nenhum comentário

Imagens de tema por adamkaz. Tecnologia do Blogger.