About




 

JOGADOR MORRE EM ACIDENTE DE ÔNIBUS QUE TRANSPORTAVA TIME DE FUTSAL


Pablo Yago Radaeli, 22 anos, era natural de Novo Hamburgo. Coletivo que transportava a equipe que lidera a Liga Gaúcha saiu da pista, caiu em um barranco e tombou.

O ônibus que levava o Passo Fundo Futsal, time profissional de Passo Fundo, envolveu-se em um acidente na madrugada deste domingo (14) no km 430,8 da BR-472, em Itaqui. Um dos jogadores, o ala Pablo Yago Radaeli, 22 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O ônibus saía de Uruguaiana e voltava a Passo Fundo.

Inicialmente, havia sido divulgado que outras três pessoas foram encaminhadas ao Hospital Ivan Goulart, em São Borja, em estado grave. A assessoria de imprensa do clube informou, no começo desta manhã, que um jogador e um integrante da direção já foram atendidos e liberados. 

Permanece internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) o roupeiro Sandi Vieira. Ele quebrou 11 costelas, sete do lado direito e quatro do esquerdo. Além disso, Sandi fraturou os dois braços e teve uma perfuração no pulmão, o que requer o uso de dreno. Ele deixou a cidade às 15h30 para ser atendido em Passo Fundo. 

Todos os passageiros do ônibus estão passando por exames – alguns, em número que o clube ainda não sabe precisar, tiveram braços e costelas quebrados.

Radaeli, natural de Novo Hamburgo, chegou ao clube em fevereiro e era o artilheiro do time nesta temporada, com 15 gols. Anteriormente, ele havia passado pelo Minas Tênis Clube, de Belo Horizonte, pela Associação Esportiva Uruguaianense, de Uruguaiana, e pela ASIF, de Ibirubá.

Os atletas haviam disputado um jogo contra o Uruguaianense, pela Liga Gaúcha. Depois de perder por 4x0, retornavam de Uruguaiana. Acionados às 2h12min, os bombeiros de São Borja chegaram ao ponto onde estava o ônibus em menos de 30 minutos, quase ao mesmo tempo que socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)

Segundo relatos dos soldados de plantão, o coletivo, que transportava 15 pessoas, teria saído da pista, caído em um barranco – de cinco a oito metros de altura –, na lateral da via, e tombado.

Em nota, a direção do Passo Fundo Futsal lamentou o ocorrido e afirmou que, "consternada", está dando assistência a familiares e torcedores no Ginásio do Capingui. "É um momento de dor e tristeza que nunca gostaríamos de estar passando", diz o texto. Mesmo com a derrota, a primeira na competição, o time passo-fundense continua na liderança.

FONTE: SITE GAUCHAZH

Nenhum comentário

Imagens de tema por adamkaz. Tecnologia do Blogger.